Anvisa registra “Action”, primeiro teste de HIV para farmácias no Brasil


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou nesta semana o primeiro autoteste para HIV voltado a comercialização em farmácias do Brasil. O “Action”, nome comercial do produto, será produzido pela Orangelife Comércio e Indústria.

Com o autoteste, será possível obter um resultado para a doença em até 20 minutos. Ainda não se sabe qual valor será cobrado pelo produto, que será definido pelo fabricante.

O autoteste funcionará de forma semelhante aos testes de medição de glicose, utilizado por diabéticos. Ele virá com um líquido reagente, uma lanceta específica para furar o dedo, um sachê de álcool e um capilar (tubinho para coletar o sangue). O resultado aparece na forma de linhas que indicam se há ou não presença do anticorpo do HIV. A presença do anticorpo mostra que a pessoa foi exposta ao vírus que provoca a aids.