Gravação confirma anuência de Temer: “tem que manter isso”


O  presidente da República foi gravado pelo dono da empresa JBS, Josley Batista, onde ele dá a entender que paga pelo silêncio de Eduardo Cunha, deputado cassado que está preso por corrupção e lavagem de dinheiro. No áudio, Temer incentiva Batista a “ ficar bem com Cunha”, que seria pagar todo mês pelo silêncio do ex-presidente da Câmara.
“Zerei tudo, liquidei tudo e ele foi firme. Veio cobrou, eu acelerei o passo e tirei da frente”, diz o empresário. Ele comenta ainda que ficou sem interlocução com o governo depois que Geddel Vieira Lima caiu.
“É complicado. Não posso entrar em contato com ele.” Diz então que está de bem com Cunha. Temer emenda: “Tem que manter isso, viu” Joesley ainda comenta. “Todo mês. Eu tô segurando as pontas.”
Esse trecho começa a partir dos 11 min.